quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Com Licença...

Já está chegando ao fim a minha 2a semana de licença. Faltam 3 para a data prevista do bebê nascer, ou se atrasar, mais 5...
Eu já sabia que as minhas 2 primeiras semanas eu já tinha (e tenho!) bastante coisa pra fazer e vou fazendo devagar alternando sempre com umas horas de descanso seja isso dormir por 1hr e meia, ler um livro ou assistir o show da Oprah de tarde.
Enquanto semana passada eu estava diariamente preparando as coisas para o chá-de-bebê, essa semana é a vez dos armários novos e do quarto do bebê.

Segunda veio o homem-faz-tudo montar o armário da bijkeuken (dispensa) e o nosso armário de roupas no quarto. O da dispensa está pronto e o do quarto, faltam ainda colocarem as portas por que deu atraso no fornecedor. Mesmo assim, eu já consigo aos poucos ir ajeitando as coisas nos seus devidos lugares.
E hoje, de acordo com os planos, a loja vem entregar o quarto do bebê. Amanhã Amore vai tirar um dia de folga para montar e se tudo der certo, no fim de semana eu já vou poder começar arrumar tudo no seu devido lugar. Ainda faltam o lustre e os quadrinhos que eu encomendei (levam no mínimo 2 semanas para entregar!!! Até isso demora aqui na Holanda!) para terminar o quarto do bebê, mas enfim, o mais importante vai estar pronto...

No meio disso tudo, eu tenho que lavar todas as roupas do bebê, passar, ir na parteira semanalmente para o controle (Amore também não perde um controle) e hoje ainda tem a entrevista com o "kraamzorg"*.

No final das contas, até agora eu não tive tempo para ficar "enjoada" da licença, o que para mim já é um certo milagre, já que eu nunca aguentei ficar 2 semanas "quietas" dentro de casa... Eu acredito que a partir da semana que vem, com as coisas (mais ou menos) nos lugares, que eu possa fazer outras coisas relaxantes como ir ao cinema ou fazer meia hora de caminhada diariamente... Veremos!

PS: Kraamzorg é algo que, eu acredito, só exista na Holanda. É um serviço pago pelo seguro de uma assistente especializada que se prontifica dos cuidados da mãe e do bebê após o parto. Na regra geral, em partos normais, a assistente está disponível 6 horas por dia nos 8 primeiro dias. Ela monitora a saúde da mãe (temperatura, recuperação após o parto, cuida do bebê enquanto a mãe tem sua hora de descanso, etc...), cuida das visitas (oferecendo bebida e o famoso "biscuit met muisjes"), ajuda nas tarefas de casa como 'lavar roupa, trocar a roupa de cama, etc...' e também, muito importante, ajuda a cuidar e monitorar a saúde do bebê (temperatura, peso, alimentação,...), mas também como dar banho, trocar de fraldas, consolar, etc.... No final das contas, eu acho esse serviço ótimo, por que ajuda a mãe, o bebê e o pai (também) a terem um "bom início" juntos. E assim, eu espero! :)

8 comentários:

Ione disse...

Nossa, Holandesa, então vcs aí entram em licença duas semanas antes da data prevista para o parto? Minha família paterna é holandesa e um tio, que mora em Limburg, disse que a mulher dele pôde ficar apenas 6 (meses ou semanas?) afastada do emprego. Será que entendi errado?
Por isso acho que as mães aqui na Áustria são bastante mimadas pelo governo. Vou entrar de licença na 4ª que vem, faltando 8 semanas para o parto. Ao total são 16 semanas de "Mutterschutz", onde recebo o salário normalmente. A partir daí eu posso escolher entre 3 modelos de licença, recebendo auxílio do Estado por até 3 anos. O período máximo para ficar afastada do trabalho é de 2 anos, que é quando a empresa tem obrigação de me aceitar de volta.
Tudo de bom para os próximos dias! Vou ficar aqui torcendo por vocês!
Bjos,
Ione

pacamanca disse...

Putz, quem dera existisse um serviço desses em tudo que é lugar! Aqui quem ta' fazendo as vestes da kraamzorg é a minha mae, mas o lance da amamentaçao ta' pegando. Estou tendo muitos problemas pra dar de mamar pra Carol, que nao tem força pra sugar. Ai' voce fica no dilema, da' leite artificial pra ela ficar mais forte e conseguir sugar, correndo o risco de depois nao conseguir voltar pro peito, ou fica olhando a garota se esgoelar de fome e perdendo peso, mas insiste pra ver se ela aprende a pegar o peito? Nao tive assistencia nenhuma sobre amamentaçao por aqui, eu chamava as enfermeiras quando ela nao aguentava mais de tanto chorar e a mulher vinha, dava um jeito la' sem me explicar nada, a Carol mamava tipo uma colher de cha' de leite e dormia de cansaço. Hoje vamos pra casa, mas nao sei como vai ser. Acho que se eu tivesse sido orientada direito desde o começo nada disso estaria acontecendo. Porque amamentar parece facil, mas nao é MESMO (senao nao existiriam as Amigas do Peito, no Brasil, e outras organizaçoes semelhantes pelo resto do mundo, muito menos as breastfeeding coaches nos EUA)...

Holandesa disse...

Ione,
Eu falei em semanas, não dias! ;)
Aqui na Holanda tb são 16 semanas de licença no total... ;)

Holandesa disse...

Oi Paca,

Realmente, nesse ponto, eu acho a Holanda um país muito bom com esse serviço! Elas dão boas dicas principalmente sobre amamentação e se for preciso por motivos de complicações como infecção da mama, durante esse período, vc ainda tem direito à uma médica especializada em amamentação conhecida aqui como "Lactatiekundige" (especialista em "leite") ;)

A única coisa que pode dar "estragar" o serviço é se vc pegar uma assistente "chata", mas se vc fizer queixa, a instuição atá troca de pessoa! (já que eles ganham dinheiro por hora por esse serviço, eles também querem q vc esteja satisfeita, para que numa próxima gravidez vc continue escolhendo por eles, já que a concorrentes no mercado! ;))

Ione disse...

Vixe, eu li o mesmo parágrafo duas vezes e vi "3 dias", hahaha! :) Por essa e por outras que acho que ando muito no mundo da lua, ultimamente...
Beijos,
Ione

Danusa disse...

Holandesa,
Parabens pelo lindo cha de bebe..adorei as fotos e os bolos claro! Estamos chegando na reta final ou melhor voce ja esta na vespera da chegada de seu bebe. Desejo tudo de bom na hora de seu parto. Que tudo corra bem para voce e seu bebezinho. Muias felicidades
Danusa

Valerie disse...

Parece q foi ontem q vc escreveu que estava grávida, e já está chegando o dia!
O tempo voa mesmo!
Fico torcendo por vc...
Beijos e bom fim de semana

Anônimo disse...

Quem dera tudo isso aqui no Brasil... um profissional p ajudar c o bb (pode ser q evite ao menos de acharmos q vamos enlouquecer naquelas noites em q o bb n dorme ou chora sem parar).. e na Austria mínimo de 2 anos p ficar só cuidando da cria!! Maravilha heim!