sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Dica: geboorteplan

É normal, principalmente, na primeira gravidez você ter mil perguntas e dúvidas. Ainda mais quando você está vivendo num país que não é o seu, quando você não domina nem o idioma e não conhece/entende a cultura do país. E mesmo já morando aqui há quase 2 décadas, quando o assunto é de grande importância como gravidez e saúde, eu sou da opinião que uma boa “comunicação” é essencial.

Não precisam me conhecer muito (ou até mesmo pessoalmente) para saber que sou uma pessoa que planeja (muito) as minhas escolhas. Gosto e me sinto segura se consigo organizar as minhas idéias com relação a um assunto ou situação de forma estruturada. Sei, acima de tudo, que mesmo com todos os detalhes em mente (ou num papel), sempre acontece algo fora do seu controle ou imprevisível, mas isso não me abala na regra geral, por que o que vale para mim é diminuir os riscos de algo não sair como eu quiz por falta de preparo meu.

Então, o post de hoje vai ser mais uma dica minha. Algo que eu pus em prática (e me ajudou a ficar mais tranquila) e que várias outras mulheres Holandesas também já fizeram, estão fazendo e irão fazer durante a gravidez e que, com certeza, seria muito prático para qualquer estrangeira aqui fazer para facilitar a comunicação entre a grávida e os médicos/obstetras Holandeses.
A dica é: “geboorteplan”, que traduzindo ao pé da letra significa “plano de nascimento”, mas que seria mais correto dizer “plano de parto”.

Num “geboorteplan” você descreve o que seria o parto ‘perfeito’ na sua opinião. Nele você coloca as suas preferências com relação ao parto. As suas preferências podem ser o que você quer/deseja e o que você não quer que aconteça/seja feito na hora dar a luz ao seu bebê e até mesmo após o nascimento.

Só para dar uma idéia, eu vou colocar aqui alguns ítens em Holandês, mas traduzidos para ilustrar melhor o que se coloca num plano:


Título: Geboorteplan
Naam (nome):
Geboortedatum (data de nascimento)
Zwanger van (qual gestação? 1o, 2o .. filho)
Uitgerekend op: (data prevista do bebê nascer)
Onder controle bij: (no controle através de “obstetriz ou ginecologista” – nome + lugar)

Voor een goede voorbereiding op mijn bevalling heb ik mijn gedachten en wensen in orde gebracht. Op basis hiervan heb ik een geboorteplan samengesteld om een goed beeld te geven van mijn wensen m.b.t. de bevalling.
Ik weet dat dit geboorteplan uitsluitend richtinggevend is. Wanneer er door medische complicaties afgeweken moet worden van mijn voorkeuren, wil ik graag dat mijn echtgenoot en ikzelf daar volledig op de hoogte gehouden te worden van alle ontwikkelingen. Graag wil ik ook over alles mee beslissen, als ik niet bij machte ben, beslist mijn man namens mij.


"Na preparação para o parto, eu coloquei os meus pensamentos e preferências em ordem e nessa base eu escreví um ‘plano de nascimento’ para indicar o que na minha opinião seria o parto ideal. Eu sei que este plano é somente indicativo. E que caso aconteça alguma complicação médica, que as minhas preferências não poderão mais serem seguidas. Nesste caso, eu gostaria que tanto eu quanto o meu marido sejamos mantido informados sobre tudo e todos os detalhes e que nós possamos tomar as decisões de como prosseguir. Caso eu não esteja em condições de tomar decisões, o meu marido irá tomá-las por mim…"

Voor mij zou/zal de perfecte bevalling zijn als volgt:
Para mim o parto perfeito seria/será:

Omgeving & Begeleiders (lugar e assitência)
- Ik wil graag ( thuis/in ziekenhuis) bevallen . (eu gostaria de ter o parto em casa / no hospital)
- Maximaal 1 stagiaire aanwezig (no máximo um estagiário presente)
- Behalve het medische team/of verloskundige, wil ik graag alleen mijn man aanwezig. Além da equipe médica (ou obstetriz(es)), somente o meu marido deverá estar presente.
- ...

Bevalling: (parto)
- Ik wil graag op baarkruuk bevallen ( eu gostaria de ter um parto de cócoras)
- Pijnstillers graag alleen op mijn verzoek. Ik wil graag de pijn opvangen via andere mogelijkheden zoals massage en ademhalingstechnieken (Anestesia somente ao meu pedido. Eu gostaria de tratar a dor através de outros métodos como massage e técnicas de respiração)
- Ou diga (como eu!) que você quer anestesia e de preferência a "ruggenpik" (epidural)
- ....

Baby:
- Ik wil graag zelf de sex van mijn baby ontdekken (eu mesma gostaria de descobrir o sexo do meu bebê - caso vc ainda não saiba).
- Ik wil graag borstvoeding binnen het eerste uur (eu gostaria de amamentar o meu bebê dentro de uma hora).
- ...

In geval van een keizersnede: (Em caso de uma cesareana)
- Graag heb ik mijn echtgenoot aanwezig tijdens de keizersnede en de geboorte. (Durante a cesareana eu gostaria que o meu marido estivesse presente)
- Bij een volledige narcose wil ik uitdrukkelijk mijn man en baby in mijn aanwezigheid
wanneer ik weer wakker wordt. (no caso de narcose completa, é importantíssimo para mim em ter o meu marido e bebê presente quando eu acordar).
- …


Dicas de como escrever um plano:
· Seja clara e simples. Utilize frases curtas para simplificar (e também facilitar a sua vida, principalmente se você tem dificuldades com o idioma).
· Focalize suas prioridades. Comece sempre pelos pontos que você considera mais importante.
· Procure fazer um plano que não ultrapasse mais que uma página e meia (A4).
· Seja positiva! Na hora de escrever o plano visualize o parto ideal e tranquilo. Escreva frases como : eu espero (ou nós esperamos)..., eu planejo (nós...), eu gostaria (nós), caso não haja complicações médicas, que o meu marido/parceiro corte o cordão umbilical... Procure não utilizar frases de tons (muito) negativos como “não quero”, “não tentem”.... etc...

Algumas perguntas que você pode “utilizar” para esclarecer/descrever as suas preferências:
1- Aonde você gostaria de ter o parto? (em casa ou no hospital)
2- Quem você gostaria que estivesse presente durante o parto para lhe dar auxílio? (marido, obstetriz...)
3- Você quer familiares presentes?
4- Você tem preferências sobre a posição na hora do parto?
5- Que métodos você gostaria de utilizar contra dor?
6- Como você pensa sobre intervenções do tipo controle de CTG, medicação, indução, cortes?...
7- Você quer que o parto seja filmado? Fotografado?
8- Você deseja “rust” (tranquilidade, privacidade) após o nascimento ou você quer ligar e receber visita de familiares?
9- Você quer ser informada sobre todos os detalhes? Ou você prefere não saber de tudo?
10- Você deseja tomar decisões ou você prefere deixar as decisões ao seu marido/parceiro e/ou profissionais?

No site www.Cicli.nl, você encontra 3 exemplos de planos de nascimento em Holandês e caso queira, pode se inscrever e pedir ajuda a eles de como escrever o seu.

Para finalizar este post, vale à pena mencionar que a grande vantagem de ter um “geboorteplan” é que serve como meio de comunicação entre você e o profissional em questão. Esclarecendo as suas preferências e o que você acha importante, vai ajudar o profissional a levar em conta como você pensa e sente sobre determinado assunto com relação ao seu parto. Ou seja, depois de escrever o seu plano, não se esqueça de entregar ao seu médico ou obstetriz e esclarecer qualquer ponto/dúvida que vocês possam ter. Agindo assim, eles nunca vão poder dizer que não sabiam e você nunca vai precisar se arrepender/castigar e dizer depois “eu deveria ter dito que... ”

Enfim, fica aí a dica! ;-)

5 comentários:

Anônimo disse...

Obrigada por dividir todas estas informações sobre gravidez e a vida na Holanda.
A de hoje era minha dúvida para a minha próxima consulta. ;)
Estou de 10 semanas, e tenho me guiado pelas suas dicas!

Passa a receita da massa da coxinha!!rs ;)
Bom chá de bebê e um ótimo parto.Saúde!

Beijão!
Myrna Nishie

Celia Snowdon disse...

Olaaa,

Olha eu to de agua na boca por causa daquelas empadas, elas estao lindas e aposto que o sabor deve estar beemm bom tambem, aiai...Olha, esse plano de parto tem aqui na Inglaterra tambem, e vc recebe tambem uma brochura na primeira consulta onde estarao todos os seus dados, todas observacoes feitas pelo medico/parteira, resultados de exames, enfim, tudo relacionado a sua saude e do seu bebe. E durante a gravidez fica com vc, e eles indicam que vc carregue o tempo todo, caso vc se sinta mal e tenha que ir em qq hospital/medico eles podem ter acesso a suas informacoes na hora, eu tive que ir ao hospital uma vez e estava sem o tal caderno, levei uma bronca. E nele vc poe o seu plano de parto, mas todo mundo tem que ter a mente bem aberta de que na hora 'H' tudo pode mudar, comigo foi tudo diferente, acho que do plano atual mesmo somente 30% foi do jeito que eu planejei, foi uma maneira do Noah me avisar que ele veio para mudar qualquer plano :). Que amanha seja tudoo de bom, tira um monte foto para a gente poder ver.beijos Celia Snowdon

Holandesa disse...

Oi Myrna,

Na regra geral, quando vc estiver lá pela semana 32 e se tudo estiver correndo bem, eles deverão planejar/agendar uma consulta com informações sobre o parto. Eu só escreví o meu plano depois dessa consulta e de ter lido e refletido bastante sobre o parto. Também lí informativos e um livro chamado "Bevallen & opstaan" que explica passo à passo todos os detalhes da gravidez....

Boa sorte com a gravidez!

Holandesa disse...

Célia,
O que vc está falando no seu comentário é o que eles chamam de "dossier" médico da gestante aqui. Na Holanda "geboorteplan" não é obrigatório, por que consta mais as suas "preferências" e não os resultados dos seus exames e como foi a sua gravidez. Tem muita gente na Holanda que nem sabe da possibilidade do "geboorteplan", por aí vc tira! ;)
E o dossier, vc precisa sim levar para todas as consultas e tb para o hospital caso o seu parto seja lá.
Se vc entregar um "geboorteplan", eles irão mencionar no seu dossier, mas na regra geral é um "documento" extra na Holanda. E vc tem razão quando diz que não sai tudo como planejado, o geboorteplan é indicativo na hora H, caso algo não esteja indo como "planejado"... ;)
lembr.

Danusa disse...

Holandesa muito obrigada por partilhar conosco!! Nem sei como agradecer. Realmente para mim uma das inumeras dificuldades aqui na Holanda é o idioma - o que acaba acarretando ainda mas minha ansiedade -. Depois que passei a acompanhar o seu blog (que por sinal muito informativo!) tenho esclarecido alguns itens importantes com a verloskundige e isso tem me ajudado bastante.
Desejo um otimo dia para voces em seu cha de bebe e muitas felicidades.
Danusa