sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Na Crise... do Facão

Aqui na empresa também já começaram com o facão. Em todos os setores da empresa eles já mandaram os “externos” embora e agora começaram com os “internos”. Num dos setores 300 gerentes e manda-chuvas estão sendo mandados embora, no outro setor, estão mandando um bando de empregados da produção.

No setor em que eu trabalho, os externos também estão sendo/foram cortados. Além disso, o “budget” (orçamento) para os projetos de 2009 foi diminuído para 1/3 do valor original e todas viagens foram “cortadas”.

O maior medo agora é que a crise – que já está sendo considerada mais grave do que as de 2001-2003 e de 1992-1995 – venha ser ainda pior do que a de 1930.
E os especialistas dizem que “se chegarmos ao nível da crise de 1930 – todo mundo que tiver emprego já deve dar Graças à Deus, mesmo que isso signifique ser garí”.

Eu já passei por “facões” no passado. Um deles foi logo no primeiro emprego numa empresa de consultoria, onde eu era junior e uma das últimas a serem contratadas num grupo de 5. No final das contas, só eu fui “salva” dos 5, mas o clima na empresa ficou horrível! Sendo que isso é inevitável...

Também não faz nem 2 semanas atrás que eu recomendei um junior pra empresa Americana de Consultoria onde eu trabalhei e onde ainda tenho bons contatos. Com o currículo dele, em circunstâncias normais, ele teria sido chamado com facilidade, mas acabou sendo rejeitado.
De acordo com eles, eles também tiveram que “dificultar” o processo seletivo de novos empregados por causa da crise, mas através de outras fontes eu fiquei sabendo que eles não estão mais admitindo ninguém, já que todos os clientes estão cortando os projetos e mandando todos os externos de volta para suas “casas”.

É!... algo me diz que essa crise ainda vai piorar mais, por que o efeito “bola de neve” ainda não chegou ao seu auge...

Affff! Que notícia mais depré para se ouvir em plena sexta-feira, nénão?!...

2 comentários:

Nadja Saori disse...

Oiii!!! Nem fale... o efeito bola de neve só vai chegar mesmo quando o medo for maior e fizer com que as pessoas paralizem suas compras, suas trocas financeiras... e aí sim todas as emrpesas vão parar... Seria catastrófico... E tudo começa lá... na grande potência...

E como está a vida aí ???

beijoooos

Adriana disse...

E tem lá como evitar? Sabe o pior? quem fica tem que trabalhar pelo resto que foi demitido...sem a compensação do salário maior.
Pq é isso que tá acontecendo com a empresa "alemoa".