quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Diálogos...

1o causo:
Cunhada: Ah... mulher quando engravida tem que largar tudo (carreira) e ficar em casa com o filho. Quando eu engravidar, vou largar tudo e virar caixa do AH por umas horinhas...

Eu: olha, nada contra ser caixa de supermercado, eu mesma já trabalhei em limpeza uns 7 à 9 anos da minha vida. Maaaas financeiramente falando, ter filho significa também mais gastos, se vc largar o seu emprego que paga razoavelmente bem pra um que só paga metade (no máximo!) do que vc ganha hoje, vai aumentar a pressão e o estresse do seu namorido para conseguir arcar com todas as contas, inclusive as das fraldas do bebê e hipoteca... E eu não sei quais são as oportunidades do E. subir de mecânico para outra posição, mas me parecem limitadas... sem falar na crise que já está afetando o setor automobilístico.

Cunhada: ah! Mas a gente dá um jeito... Se for o caso, a gente pede ajuda (financeira)para os avós da criança...

Eu:...(levando tapa na testa!)...


PS: Eu não entendo, acha errado ter filho se é pra colocar na creche e trabalhar, mas não acha errado ter filho e depender financeiramente dos pais ou sogros...??!

2º causo:
Sogra da minha irmã falando p/ minha irmã: Você trabalha 3 dias e ainda está escrevendo a sua tese de mestrado, é muito! Pra que precisa trabalhar tanto e pra que serve a carreira quando se tem filhos?...
Sogro para sogra: É por isso que vc ainda sofre de depressão... Ficou sempre em casa. Poderias ter voltado a trabalhar quando os nossos filhos tinham 10 anos e se desenvolvido, mas não quiz...
Sogra para sogro: Ah!, mas ninguém me queria mais no mercado de trabalho...
Sogro: e por que será??!...


3º causo:
Minha sogra:... se você não está com “vontade” de trabalhar, vc simplesmente não vai
Eu: ... como disse uma amiga: vou ligar amanhã pro banco e dizer que não estou com “vontade” de pagar a hipoteca esse mês... Será que eles aceitam?....
Minha sogra: ehhhhhh....


4º causo:
Eu: mãe, quando eu era pequena a sra trabalhava e na época dos filhos mais velhos, não. Agora eu lhe pergunto: Eu sou menos educada que meus irmãos? O meu cérebro é menos desenvolvido? Eu lhe respeito menos? E a pergunta mais importante de todas: eu lhe amo menos que meus irmãos e a sra me ama menos do que ama eles???...
Mãe: lentamente abana a cabeça de forma negativa quebrando uma noz..


E agora eu pergunto à vcs: na questão/escolha creche & em casa , por que são sempre as mulheres que são cricas e donas da razão nessa assunto?....

Égua!...

5 comentários:

Anônimo disse...

Estou amando ler seu blog, eu já acompanhava o da dri, agora que descobri o seu eu não paro mais de ler :). E acho legal ver o ponto de vista de uma pessoa que já tem uma certa experiência de casa (holanda), eu estava quase me convecendo de que era uma boa idéia, apesar de não concordar e não querer aplicá-la á minha vida, essa questão de ficar em casa para cuidar da cria. Creio que no início seria uma delícia ficar em casa, mas depois.....acho que mulheres que aprenderam a batalhar pelo que é seu, não aceitam e nem se acostumam com essa ultrapassada realidade.

Marcia-Rotterdam disse...

Eu não entendo e nunca vou entender essa mentalidade holandesa, e tem gente que acha esse país tããão avançado...eu já conheci pessoas que trabalhavam 5 dias por semana E faziam mestrado! Não dê ouvidos a esse povo, você sabe o que é melhor para você e sua família, e você vai dar ótimo exemplo para seu filho, de uma mulher batalhadora, que corre atrás de seus objetivos. E as creches aqui são muito boas.

Bruna disse...

Pq a mulher tem a incrivel mania de achar que pq ela gerou uma crianca, ela ama crianca muito mais do que o pai - e tem mais sabedoria quanto ao assunto.
Ja conheci pais que em questao de amor aos filhos deixavam a mae mil anos luz pra tras.

Pena que tantas maes afastam as criancas dos pais :(

Juliette disse...

Tudo balela...ja conheci maes que ficavam apenas em casa cuidando das crias e as crias viraram umas "COISAS" quando cresceram...tambem conheci mulheres que trabalhavam muuuito e as criancas ficavam na creche e hoje sao adultos admiraveis e equilibrados. Ah, tambem ja vi filho com vergonha da mae porque ela era apenas uma dona de casa e nao trabalhava, entao tudo e relativo. Continue trabalhando que tudo vai dar certo...nao e a quantidade de tempo que conta e sim a qualidade deste tempo.

abraco

Andrea disse...

SOGRO MITO

sem mais