terça-feira, 1 de julho de 2008

Olá de novo!

Mamãe disse que volta e meia ela deixará eu contar as novidades aqui no espaço dela. Ela disse que ficou impressionada com o número de pessoas que entraram em contato com ela, depois que dei o meu primeiro “oi”. Muitos estão curiosos agora para saber como eu e mamãe estamos indo. Ela disse que eu posso contar como vamos, mas que como tudo na vida, existe um limite de informação relevante a ser contada. Mamãe diz, por exemplo, que ninguém vai a blog de ninguém para ler sobre merd@ ou sobre a incapacidade de meditação sobre o trono ou qualquer coisa do gênero. Então, desses tipos de detalhes, os leitores serão poupados.

Mas, voltando ao que importa, mamãe diz que nós dois – ocupando um mesmo corpo – precisamos formar um time e até agora é assim que eu tenho me comportado. Não tenho causado nenhum enjôo e nenhum mal-estar à mamãe. Ela diz que só se sente muito cansada e muito rápido, mas ela diz que eu preciso de toda a energia para eu me evoluir perfeitamente e que por sermos 2 em 1 corpo o cansaço não poderia ser diferente.

De resto mamãe diz que no trabalho vai seguir a regra dos Holandeses e só anunciar a gravidez depois das 12 semanas. Ela só avisou até agora uma pessoa que é um das superiores, que só foi avisada para o caso que algo venha a acontecer e mamãe tenha que ficar um tempo sem trabalhar. Mas, mamãe acredita que vai dar tudo certo e está super-positiva.

Outra pergunta que muitos fazem e se ela espera que eu seja uma menina ou menino. Perguntam o que a intuição dela diz e se ela e papai têm alguma preferência. Mamãe diz que a intuição dela não está funcionando e que mesmo que papai e mamãe tenham uma preferência, o que eu tiver que ser, serei. Mas, de acordo com um website de uma tabela chinesa e a tia Bia que fez um truque com um pêndulo, eu serei uma menina. Então, agora é aguardar para saber!...

Papai continua nas nuvens e trata mamãe como uma princesa. Faz tudo e mais um pouco para nós. Quando dá umas 21:30hrs papai vai até mamãe dizer que nessa hora criança já deve estar na cama. Ele faz isso que é para garantir que mamãe tenha bastante descanso. E para relaxá-la, ele ainda faz de quebra, uma massagem nos pés dela (que mamãe adooora!) e dá beijos na barriga.

Ah! E por falar em barriga, mamãe não se aguenta quando alguém vem querer acareciar a barriga dela pensando em mim. Mamãe diz que a única coisa que eles acareciam são suas gorduras que sempre estiveram alí e que ainda vai levar um bom tempo até que alguém possa realmente me notar ou sentir.
Será mesmo?....

2 comentários:

Anônimo disse...

Que delícia acompanhar essas primeiras impressões em primeira pessoinha.
Nunca acariciei a barriga de uma grávida. Acho que é timidez, não querer me meter numa ligação tão especial. E acho que há grávidas que não gostam.
Que continue tudo a correr lindamente.
Beijinhos
Adriana
www.memoriasdeadriana.wordpress.com

Luiza Gabriel disse...

Que emoção!!!! Parabéns!:)
Desejo-vos tudo de bom.
Beijocas,
Luiza.