terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lugares para se visitar na Bélgica

Se lembram do post que eu dei dicas de lugares para se visitar na Holanda? [Leia aqui]

Pois bem, chegou a hora de colocar uma lista dos lugares para se visitar na Bélgica.

Antes de mais nada, deixa-me dizer que a Bélgica é conhecida por sua ótima cozinha gastronômica, seus chocolates e suas cervejas tradicionais. Se você gosta de sair e comer bem, você dificilmente se decepcionará aqui! Além disso, se você gosta de arquitetura histórica e história em geral, você não ficará desapontado, já que várias cidades da Bélgica foram capitais ou tiveram grande importância governamental durante toda a história até os tempos atuais [Bruxelas é a atual capital da comunidade Européia]. Seus palácios, castelos e casas antigas continuam bem preservados e acabam criando um clima romântico e aconchegante para quem procura.

Enfim, aqui vai uma lista de lugares que eu aconselho a visitar e que muito deles dão para fazer num fim de semana. Lá vai:

Brugge (Bruges):
Conhecida como a Veneza do norte da Europa devido aos seus vários canais, Brugges é considerada uma das cidades mais pitorescas e românticas da região. A arquitetura e o charme do período medieval é visivel em todas os lugares e é um bom destino para se visitar em qualquer época do ano: Na primavera e verão tem o encanto dos jardins floridos e cheio de cores, no outono e inverno a impressão que você tem é que voltou no tempo. Sem falar que, num dia frio, numa cidadezinha medieval e com a companhia certa, não há nada mais romântico do que tomar uma xícara de chocolate quente com chantilly na frente de uma lareira, seguido depois de um jantar à velas com direito a ‘gourmet’. Ah! E eu já falei nos ma-ra-vi-lho-sos chocolates Belgas feitos aqui? Dá pra comer chorando de joelho em cima de milho de tão bom que são!...

Brugge – ou Bruges (em Português) é sem dúvida a minha cidade favorita na Bélgica!




Gent:
Eu diria que Gent é uma versão maior de Bruges. É uma linda cidade medieval onde a arquitetura continua sendo muito bem preservada. Além disso, assim como Antuérpia, a cidade ainda tem um castelo medieval que pode ser visitado e que muitas vezes eles fazem demonstrações de como era a vida naquele tempo. Isso incluí, pessoas vestidas com trajes típicos medievais e também shows de luta de espada.



O castelo de Gravesteen em Gent.

Bruxelas:
Como falar da Bégica e não falar de Bruxelas? A capital da Bélgica tem bastante opções para passar pelo menos uns 3 dias. O que eu acho interessante é que a cidade é dividida numa parte flamenga e numa parte francesa. Também é a capital da União Européia.




Namur/Namen:
Fica uns 65km de Bruxelas e é a capital da Walonia. Região que se fala o Francês na Bélgica. Assim como Dinant, ela fica às beiras do Rio Maas, além da conjunção de outro rio (Samber) e também possue uma famosa citadela que é o maior forte de defesa da Europa. Sem contar que Namur é bem maior que Dinant.


La Roche en Ardennen:
Adoro o charme dessa cidadezinha e toda a sua redondeza! É pequena, charmosa e romântica. Ótima pedida para passar um fim de semana por exemplo.

Dinant:
Uma cidadezinha de 13.000 habitantes localizado as beiras do Rio Maas. É conhecida por sua Citadela na parte alta da cidade e por ser o lugar de origem da cerveja Leffe. Dinant dá pra se visitar em 1 dia.
Castelo de Walzin nas redondezas de Dinant


Antwerpen(Antuérpia):
Eu tive o prazer de trabalhar num projeto de 6 meses nessa cidade. E aprendi a gostar muito dela. Gosto do seu centro antigo, das lojas, dos restaurantes bons e acessíveis. Do contraste entre o moderno e o antigo. Do castelo medieval até das 22 salas de cinema do Metropolis. Antuérpia, a capital do diamante na Europa, é tudodibom e de fácil acesso. O meu único problema com ela é que eu não a visito com a frequência que eu gostaria...



Kortrijk:
Okei, essa é uma cidade que algumas pessoas podem questionar a minha objetividade. O fato é que a minha mãe e a família dela, inclusive a minha querida vó, vem dessa área. Ou seja, meus olhos vão para além da beleza turística dos lugares e do seu significado. A história se mistura com o da minha família e isso me encanta. Sendo que isso não faz que eu seja cega para a beleza arquitetônica da cidade. Quem já foi, que o diga aqui...



Outros lugares de interesse (históricos):

Waterloo – Se lembram do Napoleão e como ele perdeu a guerra? Pois é, foi aqui. Pra quem for pra Bruxelas, é só dar uma esticadinha de 30mins até aqui.

A foto é do famoso morro que ‘causou’ que Napoleão perdesse e o monumento da guerra.

Bastogne – Lugar onde aconteceu a maior batalha da 2ª guerra mundial dos Países Baixos. Aqui tem um monumento em forma de uma estrela da altura de um prédio de alguns andares com todos os nomes dos soldados Americanos (e Canadenses) que perderam sua vida aqui. Além disso, tem um museo explicando a história do lugar. Eu fiquei impressionada, ainda mais por que nas redondezas desse lugar você só ve campos e campos bucólicos que durante a guerra foram totalmente bombardeados.


Bem, agora que eu dei as dicas, quem for, me diga depois o que achou!... ;)

Um comentário:

Karoline Caxito Mourão Exelmans disse...

Parabens pelo blog, interessante e explicativo. Estou passando uma temporada na Belgica com minha familia e ano que vem retorno para morar. Ate o momento conheci Gent e Brugge, realmente é tudo que voce disse e após ler suas dicas, com certeza, nossa próxima opção será Antuérpia! Abraços