quinta-feira, 20 de maio de 2010

Mania de Holandês!

Alguém me explica, por que Holandês tem mania de querer fazer tudo ele mesmo?

Quando eu falo 'tudo', eu me refiro a reformas de casa como pintura de parede, colocar piso, refazer as escadas, quintal e tudo mais que você possa imaginar! Enquanto, no Brasil a gente chama um Zé Mané pra trocar uma lâmpada, aqui na Holanda é tudo 'doe-het-zelf' (faça-você-mesmo).

Eis que o meu marido justifica que ele também acha que faz melhor que muitos profissionais por aí, (ou seria, os profissionais não fazem como ele quer!?). E pra que jogar dinheiro fora se ele mesmo pode fazer? Ou seja, seria mais barato!

Eu disse pra ele que este último argumento era papo furado, por que mesmo ganhando na loteria Holandesa, ele disse que largaria o trabalho pra fazer as reformas em casa e não contrataria ninguém.

E sinceramente, eu não me importo muito com a casa ou de ele querer fazer as coisas, mas o que testa a minha paciência é ele começar uma coisa e não terminar, por que, para completar, ele já começou outra coisa de novo!

Moral da história, a nossa casa vive de cabeça pra baixo.

De acordo com ele, o meu problema é que eu acho que ele demora muito e é isso que ele acha que me irrita.

Agora olhem só, nós não temos empregada, cozinheira, faxineira, babá ou uma pessoa pra lavar e passar roupa. Tudo é a gente mesmo que tem que fazer, além das nossas 36 horas de trabalho e um filho pra cuidar. No pouco tempo que sobra, marido quer ele mesmo fazer reformas! Eu pergunto pra ele 'e o tempo com a família?!' como fica?!

Eu acho demais querer que, além de tudo o que já temos pra fazer e cuidar, ainda querer fazer a reforma em vez de contratar alguém pra fazer.

E isso, apesar de já viver há mais anos na Holanda do que viví no Brasil, ainda é um grande choque cultural.

Então, pra você leitora que está namorando um Holandês, vai logo te preparando por isso, por que são poucas as exceções masculinas que escapam essa regra!

Para as 'escaldadas', eu tô mentindo??!

8 comentários:

Finding Netherland disse...

Gente! que coincidência?! acabei de postar no meu blog o mesmo assunto! ahahahahahaaa

ninguém merece! eu, definitivamente, venho de um país onde contratamos alguém para fazer...e fazer BEM feito! Handig é algo que nunca serei! ahahahah

Paula disse...

deve ser algo de além fronteiras, porque alemão é chegado num "do-it-yourself" que vou te contar! Agora o problema do meu alemão é que ele não tem saco pra nada, se começa algo faz "maiomeno" e fica aquela caca. Então como eu quero que as coisas sejam bem feitas e de preferencia do meu jeito ou eu mesma faço ou mando fazer. Estou só bolando como vou pintar a casa pra contratar alguém, porque cansei de fazer esse tipo de coisa, agora virei madame, hahahaha.

Anônimo disse...

É ruim heim!!! eu aq no brazuca vivo c minha mãe atualmente e qd morava sozinha sofri p caramba por não ter uma secretária p limpar a casa e tals. E olha q ainda dava um jeito de levar minha roupa p lavar na casa de uma tia na máquinaou pela secret dela!
Qd chego do trabalho quero é me estirar aq no sofá!!
Mas q morar szinha é legal é! mas só volto qd o bendito der p pagar uma secret e luxar!

PS. não sou preguiçosa, mas n gosto de trabalhos domésticos... aliás... de TER q fazer trabalhos domésticos.

Adriana disse...

Quase oito anos e ainda estou adestrando meu marido. Cê sabe que as últimas coisas consegui convencer a contratar um profissional, mas ele sempre acaba achando um defeito, reclama um pouco, mas acho que tá acostumando a contratar também. Nosso terraço ficou lindo!

eliecy disse...

Meu esposo sempre acha que temos gente demais em casa. Diz que daria conta de tudo, mas convenhamos: Trabalhar viajando, super cansativo, dois filhos de 1 1/2, ainda ter que se acabar em casa, é ruim hein!! Só se não tiver dindim para pagar. Fora isso, economizar para morrer cansada ninguém merece!!!

Cris disse...

O Martin vai além dos detalhes para casa. Para o aniversário do Tom ele cismou que queria tentar fazer o bolo em 3D do Cars que nós vimos na internet. O bolo ficou muito legal e gostoso mas ao invés do carro ser vermelho ficou rosa/lilás rsrsrs e não tínhamos mais tempo de ir comprar mais colorante. Daí a gente acha que vai servir de desestímulo e ele fala: agora que eu sei o que deu errado "na próxima" já sei como fazer certo! hahaha
E adivinha o que ele quis dar ao Tom de aniversário??? Uma bancada de ferramentas!!! (de plástico claro) :)
Mas pelo visto essa mania passa de geração à geração assim ensinando os homenzinhos desde pequenos :S ...

Holandesa disse...

Pois é! É mania de Holandês meeeesmo!

Jaboticaba Preta disse...

hehe meu conforto é de que há mais gente com a mesma queixa que a minha :D

p.s. Será que nossos filhos serão iguais aos pais? :S