segunda-feira, 23 de junho de 2008

Oi!

Faz pouco tempo que papai e mamãe sabem da minha existência.
Quer dizer, mamãe já desconfiava da minha presença desde o início. Ela conversava sozinha, nas escondidas, dizendo que estava sentindo algo diferente. Volta e meia ela falava pro papai, mas papai só entortava os lábios e dizia que não sabia do que ela estava falando. Mamãe olhava pra cima e dizia: homens! Nunca percebem nada mesmo...

Eu ria, por que eu bem sabia que era eu brincando com ela. Isso sem falar que eu a estava deixando com lágrimas nos olhos por qualquer coisinha. Ela me falou que num sábado quando estava com os amigos em Maastricht, ela passou o jantar com olhos úmidos numa conversa sem fim com uma amiga dela chamada Betinha. Não tinha como ela não saber que era eu e isso já foi a minha primeira lição: mães sempre sabem tudo!

Enfim, mamãe desconfiada do jeito que é, descobriu minha existência no dia dos namorados – do Brasil, ela disse.
Era de manhã e depois que papai desceu as escadas ela se enfiou escondida no banheiro e fez um teste sem que papai soubesse. Ela disse que não queria falar pra ele, por que senão ele ficaria de plantão na porta estressando-a (ainda mais).
Eu só sei que eu sentí o sangue da mamãe correr do lado contrário quando ela me descobriu.
Ela me esperava, mas mesmo assim, diz que só conseguiu acreditar quando viu o digital do teste declarar nitidamente com todas as letras de que ela estava mesmo zwanger de mim.
Ela respirou fundo várias vezes, se olhou no espelho, estava em transe, não sabia o que pensar, diz que nunca sentiu aquilo. Estava rindo e com medo ao mesmo tempo.

Ainda tremendo, ela saiu do banheiro com o teste no bolso do roupão. Foi ao encontro de papai que estava na cozinha já pegando os seus apetrechos para sair para o trabalho. Mamãe disse que, esse foi mais um dos raros momentos da sua vida que ela não sabia o que dizer ou como dizer. No final das contas, olhando seriamente nos olhos azuis do papai [mamãe espera que eu tenha a cor dos olhos deles, ela já me disse!] que ela precisava falar com ele antes que ele saisse. Ainda nervosa ela mostrou o resultado do teste pro papai. Bem que eu queria ter visto a reação do papai, mas a mamãe me disse que foram 500 reações ao mesmo tempo.
Papai largou tudo e ficou lá crudado com mamãe. Ele se rendeu completamente. E desde então mamãe disse que papai anda reagindo que nem um babaca, diz que passa o dia andando nas nuvens, rindo à toa, beijando a barriga dela todos os dias, fazendo 1000 perguntas e sonhando.
É! Pode ser babaca, mas bem que ela gosta!...

Mamãe também disse que na vida tudo acontece quando tem que acontecer. Ela me contou que quando a vovó (a mãe dela) ficou seriamente doente no ano passado que ela sabia que corria “risco” d’eu querer me apresentar naquelas alturas. Disse que ela não só engravidou por que não era pra ser e por que lá em cima tem um senhor muito bom que olha pelas pessoas. Ela disse que hoje em dia ela tem certeza que eu só não me apresentei naquelas alturas, por que o dono do céu sabia que ela tinha que cuidar da vovó. A vovó precisava de um lugar para se recuperar e ter paz e por mais que as titias e o titio também queriam cuidar da vovó, a vovó não teria sossego com as crianças. A nossa casa era a única que preenchia os quesitos e a mamãe poderia dar-lhe melhor assitência. Ela realmente fez de tudo pela vovó: dava banho, cuidava dos medicamentos, segurava-a, alimentava-a já que nem uma colher a vovó não conseguia segurar. Naquele momento o senhor sabia que aquilo era algo que mamãe queria e tinha que fazer.
Afinal de contas, ele também tinha cedido a graça de manter a vovó do nosso lado, senão eu nunca teria tido a oportunidade de conhecê-la.
Aaaah! É só falar ou pensar na vovó e mamãe já fica com os olhos todos marejados!...

Mamãe me disse que um dia ela viu numa mensagem que na vida você provavelmente só irá amar duas pessoas incondicionalmente por quem você daria sua vida. Ela disse que vovó sempre foi uma delas pra ela... e a segunda ela ainda não quiz falar, mas ela disse que daqui uns meses eu vou ficar sabendo...

17 comentários:

Marcita.blogspot.com disse...

Minha grande amiga,
desculpa o palavrão que soltei quando soube, mas foi a minha maneira de expressar minha imensa alegria com essa notícia maravilhosa e tão esperada. Foi a notícia do ano!
Agora é aguardar a confirmação do sexo e começarmos a bordar o enxoval.
Parabéns.
Se o bebê tiver alergia à gatos, eu aceito cuidar do Sky! :)
Beijoparabénsvamoscomemorar!

Holandesa disse...

Marcita,
Obrigada! E se meu bebê tiver alergia à gatos, terei sérias dúvidas que seja realmente meu! hahaha! :)

Valerie disse...

Nossa, que lindo!!!! Fiquei com um nó na garganta lendo seu relato....
Parabéns mamãe...

Beijos

Anônimo disse...

Uiuiui..., estou aqui com lagrimas nos olhos, que texto linnnndoooodiiiviiinnooommmaarraaviiilhossoooooo, mamae holandesa!!!!!
Que toda esta inspiraçao e emoçao possam estar coladinhos em voce por todo período desta gestaçao maravilhosa. Muiiiiittttaaasss Felicidades p/ voce, papai e demais!!!!

Anonimo.

Cris disse...

Uaaaaauuuuuuu....
Que máximo!!! Parabéns, parabéns, suuuuper parabéns!
Logo na primeira frase percebi o que estava para vir e comentei com o Martin que estava ao meu lado no escritório: - Uau! I think Holandesa is pregnant! Cool!
Mas aí voltei à leitura para continuar e ter certeza... também fiquei com lágrimas nos olhos, especialmente no momento em que contou para Amore e eu pude imaginar ele te abraçando apertado.
Desejamos à vocês muita saúde e uma gravidez iluminada.
Agora vamos ficar aqui, acompanhando a gravidez virtualmente (se é que você nos dará esse prazer) e curiosos até saber o sexo (talvez só depois de nascer, como é costume aqui na Holanda)... quem sabe se for uma menininha ela se tornará a namoradinha do Tom?! rsrs
Mas se for um menininho também será ótimo, assim o Tom terá mais um amiguinho! :)
Super beijo para vocês 3!!!

Anônimo disse...

Muito lindo o seu texto!!
Parabens e muitas Felicidades!!!

Cris disse...

Grrr...
Estava te mandando um sms, já tinha escrito tudo qdo me dou conta de que não tenho o n. do seu celular, só o de casa... :(
Bom, ficamos sem o sms dessa vez mas pelo menos já pude parabenizá-la por aqui :)
Beijos!

Holandesa disse...

Já não disseram que mulher grávida é um poço de lágrimas? Sinceramente, daqui a pouco meu poço arrebenta! :)
Obrigada pelas mensagens carinhosas!

Jan Rosa disse...

eeeeeeeeeeeee.
q legal,
parabéns.
adorei o texto e a notícia.
bjux.

Ana Lucia disse...

Eu jah estava esperando por essa noticia ! Parabéns querida, que o filhote chegue lindo e saudavel e que a gravidez seja tranquila :-) Beijocas e muitas felicidades.

Anônimo disse...

Nossa!!! Parabéns!!! Que felicidade vocês devem estar a sentir!!! Agora, vão ser meses lindos para guardar no coração, e um menininho(a) para amar a vida inteira. Parabéns!!!
Beijos
Adriana

Mônica Peres disse...

Parabéns!!
Muita sorte, saúde e bençãos para vocês 3!!

A propósito, acho que a doença de sua sogritcha, em português chama-se HERPES ZOSTER, é o mesmo vírus da Varicela (catapora) que se manifesta em adultos, geralmente aqueles que tiveram catapora antes dos 24 meses de idade e cujo sistema imunológico na éoca não conseguiu desenvolver anticorpos suficientes para a doença. Meu pai teve aos 60 anos, é muito dolorido, e eu tinha 20 e peguei "catapora" dele, porque nunca tinha tido.
É osso!
Cuidado flôr, é contagioso, se vc ainda não teve Varicela (catapora) pode pegar!

beijokas felizes!

Mônica

Vanessa disse...

eu tenho certeza de que nunca li um texto tão lindo em minha vida....
acompanho-a sempre e desejo tudo be bom a vc - que é pessoa sincera e decidida....

que Deus poteja vcs 3 agora!
Vanessa

Bruna disse...

Parabéns pelo neném!!
Muito legal a maneira como vc escreveu o texto, o blog novo tb está ótimo, bem mais bonito :)

Daniela disse...

AHHHHHHHH que máximo menina. Adorei a notícia e gostei mais ainda da forma como você nos contou. Lindo. Parabéns a você e ao Amore, vou ficar por aqui curtindo os detalhes. Beijinhos barriguda.

Alice Barreto disse...

:) PArabéns!!! Aos 3 e a toda a família.

Celia Garcia Snowdon - celiamng@hotmail.com disse...

Ola, eh a primeira vez que te deixo um comentario mas acompanho o seu blog a um tempo jah, por temos algo bem em comum sermos brasileiras e casadas com hoandeses, mas no meu caso nos moramos na Inglaterra. Meus parabens pelo nene, o texto que vc escreveu contando ficou lindo lindo, ateh me emocionei (o meu bebe tem 7 meses)e gritei pro meu marido: Moooo, aquela brasileira que mora na Holanda, que eu acompanho o blog tah gravidaaaaa. Hahahaha como se eu te conhecesse ao vivo. Estarei daqui acompanhando suas emocoes, e ver a carinha dessa misturinha de Brasil com Holanda que eu garanto que dah certo. beijos grandes