segunda-feira, 2 de março de 2009

Respondendo perguntas...

1- A recuperação da cesareana?
Nem acredito que já fazem 12 dias desde o parto. Tudo passa tão rápido que não dá nem pra acreditar...
A recuperação tem sido bem rápida também. Ando, subo e desço escadas, já consigo me curvar para frente sem sentir dores... Só sinto dores ainda se me curvo meio que de lado, aí sim, eu sinto dores no corte... O corte em sí, já está bem sarado, o que é ótimo sinal, mas mesmo assim, eu tenho que me comportar por pelo menos 6 semanas em não fazer muito esforço e carregar pêso. Tento, no entanto, todo dia fazer alguma atividade para não ficar parada e procuro descansar pelo menos 1 hora de tarde... Tirando a recuperação da cesárea, há, ainda outras mazelas do pós-parto. Eu ando com uma dor nas costas que não deixa eu ficar muito tempo em pé e não consigo esticar bem a coluna, por que senão sinto na barriga. Tô pensando seriamente em marcar para fazer uma massagem e dar umas boas estaladas na coluna pra ver se tudo “volta ao lugar”, porém vou ter que me recuperar mais um pouco antes de planejar o “quebra ossos” ... De resto estou tomando complexo de ferro por que o ferro no meu sangue estava baixo, bem baixo, o que justifica o meu cansaço rápido e frenquente. Vou precisar tomar esses comprimentos por 6 semanas, mas espero logo sentir o efeito positivo deles. Veremos!...

2- E a amamentação?
Eu já sabia que o negócio seria complicado. Minha mãe e irmãs passaram por isso e já tinha escutado bastante sobre o assunto... Já no hospital o S. já tinha acabado com o meu seio e a dor era de ficar com os dedos dos pés torcidos na cama durante o tempo todo. Por isso, fui alternando com o bico de silicone e também com o aparelho de ordenhar/mamadeira. Aos poucos fui voltando com a amamentação normal, mas continuo ordenhando, por que quando começa doer demais vai na mamadeira mesmo! Diz a “assistente pós-parto” que essa dor pode durar de 1 à 3 semanas e que não tem nada que se possa fazer para evitar. Muitas vezes, acontece por que o bebê não ‘pega’ direito, mas a verdade é que, peguem certo ou peguem errado, o início sempre dói, por que o seio também tem que se acostumar com a nova situação, assim como o próprio bebê. Felizmente, eu posso dizer que depois de uma semana, o S. já está no modo “plug & play”, mas eu não vejo a hora de eu não sentir mais dor nenhuma! Enquanto isso, eu vou alternando com a ordenhar & mamadeira, pricipalmente para durante às noites/madrugadas e também por que Amore anda curtindo muito ser papai e adora dar a mamadeira...
Na regra geral, o Sven está agora querendo mamar de 4 em 4 horas, mas de noite, após as 17hrs, ele fica mais agitado e às vezes pede a cada +/- 2 horas. De madrugada ele só acorda 1 vez, mas o horário ainda é variável. Já tivemos à 1hr, às 3:30hrs e às 4:30hrs e a gente leva geralmente 1 hora para amamentar, trocar fraldas, deixar ele arrotar e confortá-lo para ele voltar a dormir.



3- Os cuidados?
Amore e eu temos trabalhado como equipe nos cuidados do nosso filho. Mesmo ele já tendo voltado a trabalhar, Amore não se importa de levantar de madrugada para trocar de fraldas ou dar a mamadeira. Na regra geral, a gente divide as tarefas: um troca as fraldas e o outro prepara a mamadeira. Nunca fizemos nenhum tipo de “acordo” o que cada deve fazer ou quando, a gente simplesmente dança a música da hora...
Enquanto tinha a assistente para ajudar, o banho do Sven era durante o dia, mas agora resolvemos passar para a noite, por que parece que ele dorme melhor assim. O Tummy Tub (o balde de banho) eu já usei e nas duas vezes o Sven dormiu durante o banho. Foi um sucesso e chegou até a ser engraçado! Agora nós vamos revezar o Tummy Tub e a banheira e vamos vendo como ele vai reagindo...

4- A Saúde...
Em breve teremos que levar o S. para o controle no pediatra para ver como tudo vai indo. Os primeiros dias no hospital, ele perdeu muito peso. Na verdade, é normalíssimo o bebê perder peso nos primeiros dias após o nascimento, mas (aqui na Holanda) há um limite de 10% no máximo que ele pode perder do peso inicial. Infelizmente, o S. estava beirando já esse limite e por isso, já no hospital, eu vendo o meu filho "passando fome" (ele indicava que estava com fome, mas a minha produção de leite demorou mais. Na regra geral, a produção de leite demora um dia a mais se vc teve um parto cesareana), eu pedí para darem leite de fórmula para completar com o meu leite até eu ter o suficiente. E desde então, ele vem se recuperando bem, mas ainda não voltou ao peso de nascimento. Fora isso, a médica pediu para bater uma radiografia do testículo esquerdo dele que está um pouco maior. Ela desconfia que seja simplesmente "um coágulo de líquido" e que o corpo automaticamente elimina o problema, mas a outra possibilidade é um "liesbreukje" (um problema na virilha) - sem grandes complicações, mas que para ser resolvido é preciso de uma pequena operação. Ainda não estou muito preocupada com isso, mas esperamos seriamente que seja simplesmente um coágulo que desapareça por sí só! Estamos cruzando os dedos....

E por fim, ontem foi a primeira vez que saímos para um passeio e também estreamos o Bugaboo. Fomos ontem levar o nosso filho para conhecer o bisavô (91) e bisavó (86) dele. Veja a cara de felicidade do pai e a cara "de mal" do meu filho, haha!

17 comentários:

Alice disse...

Como estão as coisas? Vcs já estão aptos a receberem visitas? Estou querendo ir comer bochechas, e dispenso o beschuit met muisjes!!! DETESTO!
Beijos aos 3.

zeke disse...

Seu filho e muito lindo! Estou feliz por vcs!!!

Cris disse...

Ohhhhhhhh!!!!!
Ele está parecendo um bonequinho no colo do amore na primeira foto.
Tããão lindo!!!
E não é que vendo esta foto achei ele a sua cara?!
E ele é loirinho né?!
Estou louca para levar o Tom para conehcer o novo amiguinho :)
Beijos!

Ana disse...

Holandesa, eu acho ele bem grandão e ficou lindo mesmo no braço do seu marido, que deve ser alto aí a gente vê que ele é um pinguinho de gente. No resto eu acho vocês super organizados e é bonito ver as fotos do pai com o filho e pelo jeito o Sven é bem tranquilo. Logo tudo vai estar mais do que nos trinques. Beijocas e tenham uma bela semana.

Danusa disse...

Holandesa fico contente em saber que sua recuperaçao esta indo de vento em polpa! a dor, infelizmente, faz parte. A cada dia seu bebe esta mas fofo e sem falar que quando li seu post morri de rir..essa da "cara de mal" :o) É muito bom ver uma familia hilariante com a chegada de um bebe e isso voce relata a cada minuto. Aqui tambem estamos na torcida (essa semana entro na 39a) Seu bebe nasceu de quantas semanas? Ate quantas semanas eles esperam, aqui na Holanda, o parto normal? obrigada e muitas felicidades a voces!!!
Danusa

Adriana disse...

Ahá, agora que já sei que você tá marromenos acostumada com a rotina, vou ver se encontro tempo pra te ligar, ou melhor, me liga quando vc puder! Beijos, e o Sven tá mesmo um boneco. Dri

Holandesa disse...

Oi Danusa,

Meu filho foi pontual! :) Nasceu um dia antes da data prevista, ou seja, 39 semanas e 6 dias!

Eu tenho que dizer que, no final das contas, fui muuuuuito bem atendida no hospital! Não posso reclamar de nada do meu parto!

Sobre quanto tempo eles esperam. No dia que vc fizer 42 semanas, se o seu bebê não nasceu ainda, eles irão induzir o seu parto no hospital. Neste caso, lá pela semana 41 (e meia) vc irá com a obstetriz para o hospital fazer um exame para saber como vai o bebê e as condições dele junto com um ginecologista, se tudo estiver bem e se o bebê não nascer até às 42 semanas, vc passará dos cuidados da obstetriz para o ginecologista e o seu parto será, de fato, no hospital, mesmo que vc queira ter em casa.
Se vc quizer e estiver já de saco cheio, vc pode pedir para induzir o parto antes da semana 42, mas aí os custos não são 100% pago pelo seguro, por que não teve indicação médica. O que vc pode fazer, entretanto, é pedir para a obstetriz fazer o "traçado" (acho que é assim em Português), que ela tenta no toque "soltar" (mas não furar!) a bolsa para quem sabe assim, induzir o parto, mas de forma natural. Essa opção não tem problemas com o seguro e a parteira pode vir fazer isso na sua casa. As chances do parto começar depois disso são de 50%.
Boa sorte e que os bons espíritos iluminem vc, seu bebê e os profissionais no seu parto! ;)

Anônimo disse...

Existe uma pomada para o bico do seio. Aliás existem duas (uma p/ antes de o bebê nascer e você se preparar para amamentar) ambas são da Johnson e realmente adiantam. Acho q a que se usa durante a amamentacao para fazer a cicatrização chama-se 'massê' ou coisa parecida. Quando puder faça pilates e RPG são otimos para trazer a pessoa de volta ao equilibrio.
Seu filho é muito lindo! Felicidades!

Andreia

Monica Peres disse...

A última foto está impagável!

Que felicidade!!

Parabéns e que DEUS abençoe a todos!!

Danusa disse...

Muito obrigada querida Holandesa! voce sempre disposta a nos orientar. Realmente estou meio perdida com o sistema aqui na Holanda e espero na proxima consulta esclarecer algumas questões com relação as semanas finais. Muito obrigada!
Um grande abraço e felicidades e saude a voce e seu bebezinho.
Apenas como sugestão: tem uma pomada da marca Avent Philips propria para os seios dizem ser muito boa, se nao me engano tem para antes e depois.

Cris disse...

Cherrie,

Me esqueci de comentar da pomada.
Assim como a Andrea disse acima, existe a pomada Massê da Johnsons que é muito boa. Mas aqui na Holanda também existem algumas que ajudam bastante. Inclusive, as pomadas que são usadas para assaduras do bebê também ajudam, só são um pouco mais grossas e portanto mais difíceis de serem removidas, mas nada que um algodão com água morna não resolva. E essas pomadas ajudam "muito" na recuperação rápida dos mamilos.

Holandesa disse...

Sobre as pomadas...
Pois bem, também tenho! Comprei a Purelan (da Medela) que é considerada a melhor por muita gente e ganhei também a Bepanthen. Elas ajudam na recuperação, mas também tem que se tomar o cuidado para não entupir e acabar causando assim uma infecção...

Marcia-Rotterdam disse...

Ele está muito lindo! Que você continue bem com sua recuperação. Abs,

eliecy disse...

Olá...

Vou dar umas dicas, se posso??!!(rsss).

A dor no seio vai passar, tive horas que pedí aos céus para eles pararem de amamentar de tanta dor, imagine dois??!!! Se for insuportável o bico de silicone é bom, mas há um incoveniente, com ele o baby suga muito ar, o que pode causar muito desconforto e cólicas. Optei por não fazê-lo.

A higiene do seio com o próprio leite materno é cicatrizante e ajuda e muito na recuperação, além disso as pomadas a base de lanolina são ideais, não causam desconforto, nem prejudicam na amamentação, só precisei durante duas ou três semanas e depois foi só alegria.

Quanto ao saquinho ser maior que o outro, a minha neonatologista constatou no do Lucas aos quase 4 meses, isso acontece porque um dos testículos ainda não desceu completamente, está na barriga/abdomem ou tem alguma obstrução no caminho, mas ela me disse que isso acontece em 30% dos recém nascidos, principalmente os prematuros. Geralmente desce antes dos 6 meses. Eu fisicamente já constatei que ele (o testículo já está no saquinho) agora só é descer mais para ficarem simétricos. A pediatra falou que em mais de 90% dos casos descem normalmente e apenas um pequeno número é passível de cirurgia, mas mesmo assim, antes de qualquer decisão é necessário passar para um urologista infantil acompanhar.

Bom, em linhas gerais é isso aí!!!

Abraços e fique tranquila que ele ficará bem. No início fiquei um "tantin" preocupada, mas depois que ví que já está descendo fiquei mais aliviada.

Nadja Saori disse...

Ele é lindoooo demais!!! Nossa... e está grande... Que bom que tudo está melhor :)

Paula disse...

que coisa mais fofa gente!
sorte sua que não sou sua vizinha, senão já tinha batido ai pra dar umas mordidas nele... que gracinha!

BOLOS e DOCES disse...

Os bolos ficaram lindos...imagino que são saborosos..importa de passar a receita do bolo de chocolate?